Carousel imageCarousel imageCarousel imageCarousel imageCarousel image

Últimas atualizações

Livro: Midiatização, (in)tolerância e reconhecimento

Livro da Compós (2020), organizado por Ana Paula da Rosa, Barbara Heller e Danila Cal.


Resumo: Os artigos reunidos nesta obra analisam como a tríade que dá nome ao livro tem se manifestado nos mais variados ambientes midiáticos – em produtos audiovisuais e impressos, em textos e imagens que circulam nas mídias digitais e nas peças publicitárias – e atinge a todas(os), direta ou indiretamente, uma vez que os seres são diversos e plurais. Além disso, mostram que a intolerância nem sempre é explícita; ao contrário, ela pode até ser negada, porém, a cada vez que é identificada, levantam-se vozes que lutam contra as mais diversas opressões. A obra tem como proposta valorizar a alteridade como postura ética e política, o que permite acreditar na possibilidade de conversão de experiências de desrespeito em força motriz por reconhecimento. Ao mesmo tempo, evidencia as dissonâncias, os contraditórios e, especificamente, como a comunicação lida com tais questões em uma sociedade marcada pela midiatização.


Link para download aqui.

Ensaio autoral: Os museus de Chico Xavier: rastros da circulação, rastros do imaginário.

Autor: João Damásio, 2021.


No texto, João faz alguns apontamentos sobre suas incursões na observação de imagens e práticas museais vinculadas ao espiritismo, sobretudo a partir de sua intensificação na ambiência de midiatização, tema de sua pesquisa no doutorado.

Mais especificamente, relata um pouco do seu trabalho de campo, onde visita a Casa de Memórias e Lembranças Chico Xavier e o Memorial Chico Xavier, em Uberaba; e o Memorial Eurípedes Barsanulfo, em Sacramento, na região do triângulo mineiro.


Acesse o ensaio aqui.

Membros do Lacim no Intercom 2021!

Vários membros do Lacim vão apresentar trabalhos na edição desse 2021 do Intercom. Reunimos aqui um pouquinho sobre os trabalhos, dá uma olhada:

O trabalho do Márcio Morrison se norteia pela seguinte pergunta de pesquisa: de que forma os conceitos de simbiose e affordances, oriundos das Ciências da Natureza, se enquadram nos processos midiáticos e comunicacionais? Como objetivo, o artigo busca compreender os conceitos nas práticas midiáticas no contexto da Midiatização.

Já a Maria Falchi discute e analisa de que formas o processo de midiatização - por meio das experiências comunicacionais de mulheres com Síndrome de Turner nas plataformas digitais - vem reconfigurando e mudando as relações sociais e de poder entre médicos e pacientes.

O texto da Martina Belotto reflete sobre os sentidos construídos a partir dos discursos do presidente Jair Bolsonaro a respeito da pandemia causada pela Covid-19. A partir de publicações de atores sociais no Twitter, esta pesquisa observa a circulação e o acionamento de imaginários coletivos, que derivam dos pronunciamentos do presidente, gerando circuitos e valorizações nas redes sociais digitais.

O artigo do Igor Mallmann traz como tema as disputas simbólicas desencadeadas nas redes digitais a partir do anúncio do envio de oxigênio por parte do governo venezuelano à cidade de Manaus, no contexto de uma crise de saúde pública relacionada à Covid-19.

Bianca, em seu trabalho, discute algumas inferências surgidas no processo de realização de sua dissertação de mestrado, pensando a complexa relação entre as estratégias comunicacionais realizadas pela Lava Jato e pela Vaza Jato.

Livro: Mídia e religião - perspectivas sobre um fenômeno em transformação

Em agosto de 2021, foi lançado o livro Mídia e Religião – perspectivas sobre um fenômeno em transformação, pela editora Recriar, com organização do professor Dr. Marco Túlio de Sousa (UEMG), membro do Lacim.

O livro é resultado do trabalho desenvolvido no site Mídia, Religião e Sociedade, também administrado pelo Dr. Marco Túlio de Souza. A obra conta com entrevistas feitas por vários pesquisadores, incluindo o próprio organizador, João Damásio e Tatiane Milani, ambos também membros do nosso grupo.

Foram entrevistados pesquisadores do Brasil e do exterior, sendo eles: Luís Mauro Sá Martino, Magali do Nascimento Cunha, Pedro Gilberto Gomes, Antônio Fausto Neto, Mihaela Tudor, Stefan Bratosin, Luiz Signates, Maurício Ribeiro da Silva, Joana Puntel, David Douyère e Moisés Sbardelotto.


Para adquirir o livro, clique aqui.

Algumas pesquisas:

Capítulo escrito por João Damasio, no livro Ciência, Espiritismo e Sociedade, Aephus (2021, p. 157-178).

Artigo de Rodrigo Duarte Bueno de Godoi e Ana Paula da Rosa, na E-Compós (ahead of print, 2021).

Artigo de Marco Túlio de Sousa e Ana Paula da Rosa, na Religions (vol. 11, n. 480, 2020).


Artigo de Ana Paula da Rosa, na Revista MATRIZes (v. 13, n. 2, 2019).

Aline Weschenfelder no Cadernos IHU Ideias (ano 18, n. 305, vol. 18, 2020).

Artigo de Ana Paula da Rosa, na Revista Intercom (v. 42, n. 2, 2019)